Ir para o conteúdo

PLANO DE CONTINGÊNCIA PARA AS ONDAS DE CALOR – RECOMENDAÇÕES PARA GRÁVIDAS

Durante a gravidez a temperatura corporal das mulheres é ligeiramente superior ao seu valor habitual pelo que os períodos de calor intenso podem agravar o desconforto, por isso, nestes períodos estão recomendados cuidados especiais.

Além disso, a exposição solar pode agravar o cloasma (nome dado à hiperpigmentação da pele causada pelas hormonas da gravidez) pelo que estão indicados produtos com níveis elevados de factores de protecção solar (FPS).

MEDIDAS GERAIS DE PREVENÇÃO

– Preferir roupas largas, leves e frescas, de preferência de algodão, evitando a exposição directa da pele, particularmente nas horas de maior incidência solar;

– Utilizar chapéu de abas largas e óculos de sol com protecção contra radiação UVA e UVB;

-Assegurar uma boa hidratação, ingerindo, preferencialmente, água e sumos de fruta naturais, sem adição de açúcar;

– Evitar bebidas alcoólicas e bebidas com elevados teores de açúcar, com cafeína ou gaseificadas;

– Preferir refeições leves, frescas e mais frequentes (à base de vegetais, saladas e frutas bem lavados);

– Limitar dentro do possível a exposição solar sobretudo nos períodos mais quentes do dia (entre as 11 horas e as 17 horas);

– Utilizar um protector solar dermatologicamente seguro e hipoalergénico com um índice de protecção elevado (igual ou superior a 50);

– Descansar e dormir com os membros inferiores ligeiramente elevados se o edema se agravar com o calor;

– Na impossibilidade de descansar em locais climatizados, pode reduzir a temperatura ambiente colocando no quarto garrafas de água gelada (em locais elevados e à cabeceira).

– Durante os períodos de calor intenso, as grávidas devem evitar o exercício físico. Se pretenderem realizá-lo devem:
− Preferir os períodos mais frescos do dia ou procurar locais climatizados;
− Garantir uma adequada hidratação antes, durante e após o exercício;
− Monitorizar a pressão arterial;
− Valorizar sinais como vertigens, tonturas, fadiga crescente, aceleração ou irregularidade dos batimentos cardíacos e interromper o exercício.

SINAIS DE ALERTA E ACÇÕES A DESENVOLVER

Se estiver em presença de uma grávida com um aumento significativo da temperatura corporal, cansaço extremo, tonturas, respiração ofegante ou com boca e garganta secas, deve:

– Deslocar a grávida para um compartimento fresco;

– Se consciente, oferecer água para beber;

Avaliar a temperatura corporal. Se febril, aplicar toalhas húmidas, pulverizar o corpo com água fresca ou utilizar banho de água tépida, para facilitar a descida da temperatura;

– Contactar a Linha “Saúde 24” (808 24 24 24) ou o Número Nacional de Emergência Médica (112);

– Chamar um médico ou recorrer ao serviço de urgência hospitalar.

 

Fonte: ARS Alentejo

imagem do post do PLANO DE CONTINGÊNCIA PARA AS ONDAS DE CALOR –  RECOMENDAÇÕES PARA GRÁVIDAS