Ir para o conteúdo

UHDP - Informações Úteis

Critérios clínicos, sociais e geográficos para admissão pela UHDP:

– Aceitação voluntária da hospitalização domiciliária, com a assinatura de um consentimento informado por parte do doente e/ou representante legal;

– Existência de um diagnóstico clínico que, requerendo internamento, apresente estabilidade clínica de acordo com a legis artis;

– Situação clínica transitória (doença aguda, ou crónica agudizada), e comorbilidades controláveis no domicílio;

– Existência de um cuidador (facultativo para o doente autónomo nas atividades de vida diária)

– Existência de condições higiénico-sanitárias básicas e de habitabilidade adequadas para a situação clínica do doente, no domicílio (luz, água e rede de esgoto);

– Existência de telefone ou telemóvel para fins de contacto com a equipa da HD;

– Residência localizada numa distância/tempo de deslocação em função das exigências de segurança para intervenção em tempo útil, quando tiver indicada uma intervenção da equipa de HD, ou o retorno para o hospital, em caso de agravamento da condição clínica. No contexto atual será restrito à cidade de Évora.