Ir para o conteúdo

Unidade de Internamento de Doentes Agudos

A Unidade de Internamento de Doentes Agudos destina-se a internamentos de curta duração de utentes adultos que padeçam de patologia major do foro psiquiátrico e que se encontrem em fase de agudização. Os internamentos são determinados por decisão do médico psiquiatra e efetuam-se através do Serviço de Urgência e/ou da Consulta Externa de Psiquiatria, sempre que se verifique necessidade clínica e impossibilidade de manejo terapêutico em ambulatório.  

O Serviço dispõe de 16 camas destinadas apenas a utentes adultos, organizadas em enfermaria mista fechada (homens e mulheres). A Unidade de Internamento apresenta uma disposição própria e diferente das restantes enfermarias hospitalares pois o próprio espaço físico deve exercer efeito terapêutico sobre os utentes. Apresenta uma equipa técnica específica composta por médicos psiquiatras (2), equipa de enfermagem (17) e auxiliares de acção médica (10). 

O SPSM de Adultos não dispõe, presentemente, de unidade/enfermaria para tratamento de utentes crónicos, primando por uma intervenção centrada nos cuidados de ambulatório e visando a recuperação integral do utente com patologia psiquiátrica, favorecendo, por isso, a reabilitação e reinserção familiar, social e laboral dos seus beneficiários, actuando em consonância com as orientações internacionais de cuidado e promoção da saúde mental.