Ir para o conteúdo

Comunicado 14.09.2021

Tendo em conta as notícias divulgadas ontem e hoje relativamente à “Publicação de Deliberações – 2.º trimestre de 2021, da Entidade Reguladora da Saúde,  de 13.09.2021”, sobre a “Emissão de instrução referente a Procedimentos de atendimento em contexto SU e de registo dados clínicos”,

o HESE salienta que ficou evidenciado no processo de inquérito que o HESE prestou assistência imediata à utente, que tinha sido triada a vermelho, cumprindo os tempos alvo previstos no Sistema de Manchester. Pela prioridade dada à emergência em causa, apenas se realizou o registo dos factos no processo clínico, à posteriori, o que determinou uma diferença entre o momento em que foi prestada a assistência e o momento em que foi registada no processo clínico da utente, conforme apontado pela Entidade Reguladora da Saúde.

Decorrente desta instrução, o HESE aguarda a pronúncia da Ordem dos Médicos sobre os autos remetidos pela ERS, uma vez que até ao momento esta instituição continua a desconhecer as causas de falecimento da utente.

O HESE manifesta, uma vez mais, o seu pesar e sentidas condolências junto dos pais e dos outros familiares da utente.

imagem do post do Comunicado 14.09.2021 hese