Ir para o conteúdo

Cirurgia Geral - Atividade Científica

Constitui um dos principais objetivos do Serviço manter uma contínua valorização técnico-profissional dos seus elementos, sendo que a componente de Formação e Investigação é primordial para o desenvolvimento e crescimento seguro e moderno de um serviço de cirurgia.
Este Serviço de Cirurgia é responsável pela formação de futuros cirurgiões.
Cada Interno desta especialidade tem atribuído um orientador, um cirurgião mais experiente que procura ensinar e motivar, mantendo sempre a componente humanitarista em todas as tarefas que tem que desenvolver sendo o doente o centro de atividade desta especialidade.
O programa de Internato de Cirurgia Geral está definido pelo Internato médico e os requisitos mínimos publicados em Diário da República na Portaria n.º 48/2011, de 26 de janeiro. No entanto durante os anos de formação é apanágio deste serviço estimular e motivar a procura de qualidade, a promoção do estudo e atualização do conhecimento. A realização e participação pro ativa em trabalhos de investigação é uma realidade ainda  com pouca expressão, mas é nosso objectivo melhorar este parâmetro.
Semanalmente há pelo menos uma apresentação de Caso Clínico e/ou Revisão de tema ou sessão de journal club. Foi criada uma calendarização que permite uma organização desta componente académica e científica, que por vezes pode realizar-se mais do que uma  vez na semana.
Estimula-se a participação regular em cursos e congressos, promovendo a participação com comunicações orais, apresentações de vídeos e também com apresentações sob a forma de poster. Quando solicitados a participar em moderação de mesas redondas e painéis de especialistas procuramos sempre dar a nossa melhor contribuição, tendo neste campo participado ativamente na criação de protocolos nacionais e regionais no tratamento do Cancro da Mama e do Cancro Gástrico.
É propósito deste Serviço a criação de um Laboratório/Centro de Treino de Gestos Cirúrgicos para que todos os profissionais possam praticar e/ou nalguns casos orientar, técnicas cirúrgicas mais modernas, menos invasivas pensando sempre no melhor e na segurança para o doente e para os profissionais. Será o local onde se poderá manusear e experimentar equipamento de novo, mais sofisticado ou mais complexo.
Um dos objetivos será também utilizar este laboratório para ministrar cursos de cirurgia e cuidados cirúrgicos aos colegas que chegam para escolher especialidade ou no início de uma especialidade cirúrgica.